KingHost usa Quagga!


Para fazer com que um site abra o mais rapidamente possível em qualquer lugar do país, existem diferentes caminhos, chamados de “rotas” na Internet. Quem define por qual rota um acesso, ou “pacote”, vai ser devolvido para o usuário que acessou o seu site, ou ainda, por onde vão ser enviados os seus e-mails, são os roteadores.

Existem roteadores de renomadas empresas americanas Cisco, Juniper, Nortel, entre outras. Também existem soluções em software livre, que a KingHost testou, afinou e aprovou. Uma delas é o Quagga.

Na cultura popular, O Quagga (Equus quagga quagga) é um mamífero equídeo extinto, relacionado com a zebra da planície (Equus quagga burchelli). Na internet, Quagga é o nome de um avançado sistema de roteamento, baseado nos comandos dos roteadores Cisco, que funciona em plataforma “PC”.

A KingHost homologou 6 servidores DELL da linha 1950, com processador Xeon 5450 para gerenciar as rotas de acesso à empresa e do provedor para a Internet. Estes servidores são responsáveis por direcionar o tráfego para clientes através da Intelig, Gvt, Ctbc, Global Crossing, Embratel, Telefonica, Telemar, entre outros fornecedores, utilizando os caminhos mais rápidos possíveis, funcionando de maneira dinâmica e agindo também como Firewall da rede de servidores da KingHost.

A KingHost hoje possui um tráfego estimado em 700 Mbits de uso considerando-se o tráfego agregado (entrada + saída de pacotes). Até meados de 2008, a KingHost utilizava-se de dois servidores (Xeon 5405) com rotas estáticas (sem balanceamento dinamico). Tentamos “evoluir” para uma linha de roteadores da renomada Juniper, que infelizmente não se saiu nada bem nas tentativas de colocá-lo em produção, deixando serviço acumular (pacotes enfileirados deixando o acesso muito lento), quando então decidimos por continuar apostando em “PC-ROUTERS”, mas desta vez, com processadores com maior capacidade de processamento e dividindo a rede em segmentos, possibilitando melhor fluidez dos “pacotes”. A estimativa é de que os 6 Dell 1950 sejam ampliados para 10 “roteadores” Dell 1950 até o final durante 2009, quando a rede da KingHost deverá atingir 2 Gbits de tráfego agregado em uso.

Este investimento em tecnologia e pesquisa, você raramente vê, e por isso, tentamos passar em uma linguagem menos técnica, através do nosso Blog.

Comentários

comentário(s)

2 Comments

Add yours
  1. Leonardo Breda

    Costumo sempre analizar o “custo” do meu site, fazendo um ping e um tracert em http://www.leobreda.net

    Até uns dias atrás, meu site tinha um ping de 80ms, e agora caiu p/ 65ms (estou em São Paulo, SP). Por isso que achei estranho. Foi pra melhor!

    Só tem uma coisa: no tracert, começou a aparecer um monte de fuga na rota (esgotado o tempo limite do pedido). O router dsl.telesp.net.br muitas vezes falha, o router customer.tdatabrasil.net.br sempre atende, e após (o ultimo router citado) falha mais 3 vezes até chegar ao IP do meu site…

  2. admin

    Ola Leonardo,

    Perdas de pacotes no caminho nao interferem no resultado do acesso, desde que elas nao sejam cumulativas (a perda comece em determinado ponto e continue perdendo pacote daquele ponto em diante).

+ Leave a Comment