Loja online: segmente, inove e interaja


Decidimos escrever sobre os 10 mandamentos do e-commerce de moda em uma série de posts em nosso blog, para você acompanhar tudo que Tonetto falou em sua palestra.

Nosso primeiro post foi sobre o primeiro mandamento: a facilidade de troca. Você confere abaixo a quarta e última parte dos nossos posts sobre os 10 mandamentos do e-commerce de moda.

8. Segmentação

Use as informações que você já possui a seu favor!  Crie grupos de clientes para oferecer determinados tipos de ofertas. Você pode separá-los, por exemplo, conforme o tipo de produto que já compraram, região, gênero e idade. Desta forma, você terá certeza que a sua campanha estará adequado ao público que receberá a oferta.

E caso você não saiba como se destacar, procure achar nichos que ainda não existem. Abaixo, por exemplo, você vê dois e-commerce que se sobressaem por apostarem em um nicho em que ainda ninguém havia se aventurado. O Prematuridade vende roupas apenas para bebês prematuros, enquanto que o Pé de Anjo vende calçados para números maiores.

prematuridade

pé de anjo

9. Inovação

É muito fácil cair no “mesmismo” e muito mais tentador manter a atitude tradicional na hora do planejamento da campanha. De fato, se a ideia é boa, ela deve ser copiada, não? Mas e se você realmente pudesse ir além desta máxima, não iria?

Boas ideias não são ensinadas, mas sim, exercitadas. Se você tem uma boa ideia, anime-se e coloque no papel. Ainda bem que hoje existem recursos de sobra para expandir a criatividade.

A Netshoes, por exemplo, ajuda você a escolher o sapato certo com base em um sapato que você já comprou anteriormente: através de uma escala que mostra em que pontos o calçado poderá ficar mais apertado, é feito uma comparação de tamanhos entre o sapato que você já comprou e o novo que você quer adquirir.

netshoes

10. Interação

O Brasil só perde para os Estados Unidos em número de usuários do Facebook, de acordo com dados divulgados pela comScore, Inc. (NASDAQ: SCOR), no estudo It’s a Social World.

Isso é de se pensar. A população está em peso nas redes, o que, necessariamente, representa uma mudança social no brasileiro. Em uma sociedade que sobrevive entrelaçada, esta nova realidade atinge diretamente a economia e como ela se comporta no meio.

Portanto, fazem mais sucesso as empresas que se preocupam em estar perto destes usuários, sendo mais um deles e sabendo lidar com o meio de maneira  a contribuir com ele também. Então, preste atenção, pois o cliente não está mais longe de você!

No Facebook da Marisa, por exemplo, as mulheres podem escolher as suas roupas íntimas baseando-se em uma modelo que apresenta tamanhos do P ao G, além de informações sobre cada peça.

marisa

Comentários

comentário(s)

+ There are no comments

Add yours