9 Mascotes Adoráveis da Tecnologia


Ainda no clima do Dia Nacional dos Animais (14/03), resolvemos mostrar alguns mascotes tão memoráveis quanto as tecnologias que representam.
Há algum tempo atrás, mascotes eram frequentes em torcidas de futebol. Aos poucos, os times de marketing notaram que ter um mascote representando uma marca também poderia reforçar o sentimento de apego a produtos e serviços.

Confira aqui 9 tecnologias que utilizam um mascote para reforçar suas marcas:

Mozilla Firefox

Mozilla

O Mozilla Firefox foi lançado em 2004, tendo um dos mascotes mais conhecidos da web. Seu logotipo lembra uma raposa vermelha se enrolando contra o mundo, esse foi um trabalho conjunto entre Daniel Burka e Stephen Desroches. Eles quiseram simbolizar o objetivo do navegador de conectar o mundo. Curiosidade: um “firefox” não é uma raposa, mas sim um panda. Porém existe uma polêmica nesse ponto, pois o autor afirmou que apesar de o firefox ser na verdade um panda vermelho muito fofo, o panda não evoca o conceito correto que ele buscou ao criar o mascote.

Adium

adium

O Adium é um cliente de mensagens instantâneas multi-protocolo e de código aberto para Mac. Adiumy é o nome do mascote, um pássaro que leva e traz mensagens. Como representante do Adium, ele faz um ótimo trabalho, ajudando a tornar a ferramenta um dos serviços de mensagens instantâneas mais populares que existe. Neste post, o autor do logo comenta: “Pelos comentários que tenho lido nos fóruns, e-mails e em sites de atualização de software as opiniões do público sobre o Adiumy são bastante divididas. Algumas pessoas odiaram com paixão enquanto outras adoraram como uma cereja vermelha.”

Pidgin

pidgin

O Pidgin é um cliente de chat, open source e multiplataforma usado por milhões de pessoas ao redor do mundo. O pombo Pidgin é um mascote bem reconhecido e para muitos ele representa segredos bem guardados. Para quem não sabe, o Pidgin é amplamente utilizado para a troca de mensagens sem registros (OTR), já que ele oferece criptografia de fim-a-fim. Por esta razão, está incluído na lista de sistemas com foco em privacidade e anonimato.

Linux

linux

O pinguim Tux é e mascote oficial do Linux. O personagem foi criado originalmente como participação em um concurso de logotipos para o Linux. Por que um Pinguim? Na opinião de Linus Torvalds (criador): “um logotipo não precisa significar qualquer coisa – é a possibilidade de associação que conta. Ter um pinguim como um logotipo dá mais liberdade para as pessoas associarem o Linux ao que desejarem.”

GIMP

gimp

GIMP (GNU Image Manipulation Program) é usado principalmente para a criação e edição de imagens. Ele é um software livremente distribuído, de código aberto. É um software ideal para tarefas como retoque de fotos, criação de imagem e composição da imagem. Wilber é o mascote GIMP que foi criado por Tuomas Kuosmanen.

MySQL

mysql

O MySQL é um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional. Ele fornece acesso multi-usuário para bancos de dados. O golfinho do MySQL se chama Sakila, ele representa o alcance global do MySQL e a natureza aberta e amigável da empresa.

PHP

elephpant

O PHP é uma linguagem que utiliza scripts do lado do servidor, sendo projetada para o desenvolvimento web. Ela pode ser incorporada em código HTML e também ser usada em combinação com diferentes templates, sistema de gerenciamento de conteúdo e frameworks para web. Vincent Pontier, responsável pela criação do “elePHPante”, o mascote elefante da PHP, contou como foi o processo de criação da peça: “de repente eu notei que as letras foram tomando a forma de um elefante, se olhadas por um ângulo lateral.”

Twitter

twitter logo

Existem diferentes variações do pássaro do Twitter, cujo nome é Ollie. Mesmo tendo sido comprado via iStockphoto por cerca de $15, ele chegou à fama como o pássaro mais conhecido na internet. Pois é, quando lançou o seu serviço em 2006, o Twitter resolveu pular a etapa de criação do logo, comprando uma ilustração feita pelo britânico Simon Oxley por poucos dólares no banco de imagens citado. Apenas em 2009 a marca resolveu redefinir seu mascote.

GitHub

github

O GitHub é um serviço web que oferece revisão e gerenciamento de código fonte distribuído. Ele fornece controle de acesso e vários recursos de colaboração, tais como rastreamento de bugs, solicitações de recursos, gerenciamento de tarefas, e wikis para cada projeto. O seu mascote é um polvo-gato, chamado Octocat. Curiosamente, Oxley – o mesmo designer citado acima – criou o Octocat mais ou menos na mesma época em que criou o pássaro do Twitter, em 2006. O GitHub resolveu usá-lo como seu logotipo, sendo assim entrou em contato com Oxley para contornar as regras da iStockphoto e comprar os direitos do Octocat diretamente do seu criador.

Mascotes podem dar aquela forcinha na hora de tornar marcas reconhecíveis e únicas, não importa o mercado do qual estamos falando. Claro, você não deve sacrificar conteúdo e outras formas de posicionar sua marca, mas um mascote memorável pode trabalhar em conjunto com outras táticas para criar uma estratégia poderosa de marketing.

Quais são os seus mascotes de tecnologia preferidos, esquecemos algum que você gostaria de citar? Deixe sua opinião nos comentários.

Leonéia Evangelista

Leonéia Evangelista

é bacharel em Comunicação Digital pela Unisinos e mestre em Bibliotecas Digitais pelo programa Digital Library Learning (Erasmus Mundus). Trabalha com web há mais de 8 anos e atualmente cursa MBA em Marketing Estratégico.
Leonéia Evangelista

Comentários

comentário(s)