7 dicas para melhorar a taxa de abertura de campanhas de email marketing


Os desafios de uma campanha de email marketing já começam na dificuldade em ter uma boa taxa de abertura. Aqui citamos 7 dicas para otimizar esse primeiro passo tão importante.

Defina com cuidado o assunto

O assunto é a primeira coisa que um cliente vê em qualquer e-mail. Se você ainda não tentou otimizar o seu, você pode estar perdendo uma grande oportunidade. O assunto do seu email não pode ser genérico, muito pelo contrário, o assunto precisa garantir ao destinatário que o conteúdo do email é interessante para ele. Pense em quantos emails você recebe todo dia? O que poderia se destacar em meio a tantas mensagens? Para chamar a atenção do seu público você pode tentar usar algum dos métodos abaixo, desde que eles estejam de acordo com o conteúdo do email  enviado.

Algumas temáticas e exemplos que podem ajudar a aumentar as taxas de abertura:

Controvérsia Palavras fortes Urgência Perguntas
Um pequeno erro que pode custar 3 mil por ano Lucre alto com essa novidade Aviso: Leia esse email agora e diga olá ao lucro extra Ebook gratuito: o que você quer saber sobre a gestão de pessoas?

Beneficie a entrega

Construa uma mensagem bem estruturada, que equilibra conteúdo de qualidade em texto e imagens. Não use uma única imagem como sua mensagem – certifique-se de que você tem uma boa quantidade de texto também. Garanta que a sua mensagem é legível, original, não inclui textos genéricos (como o “lorem ipsum”),  palavras-chave ou frases comuns de emails “spam”,  erros ortográficos e gramaticais ou muita caixa alta. Você pode solicitar aos seus assinantes que adicionem seu endereço à lista de contatos. Colocar essa simples linha de texto em seu e-mail, pode melhorar as taxas de entrega no futuro.

Escolha bem o remetente

Já notou que enviar email com o seu nome pode aumentar a taxa de abertura? Faça o teste e comprove. A menos que você já tenha uma marca muito reconhecida no mercado, os emails enviados via empresa terão maior probabilidade de serem ignorados. Uma das razões para isso é o fato de que muitos dos e-mails recebidos pelo seu destinatário são enviados a partir de nomes empresariais. Portanto, uma vez que o seu email é de pessoa física, ele acaba ganhando destaque nessa multidão, e parecendo mais importante para quem o recebe.

Se algum dos seus colaboradores tem um marketing pessoal muito bem trabalhado dentro do nicho em que você atua, tente usar o nome dele nos envios. Isso pode aumentar de modo drástico a taxa de abertura do email marketing.

Inclua double opt-in

A garantia de que ninguém está em sua lista por acidente ou contra a própria vontade é extremamente importante quando se trata de entrega e eficácia geral de suas campanhas de email marketing. Dar um passo adiante nesse sentido, enviando a todos os seus assinantes uma mensagem de confirmação após a inscrição, irá adicionar mais uma camada de segurança no processo de opt-in.

Envie no momento certo

A taxa de abertura dos e-mails enviados pode ser diferente dependendo do horário em que o destinatário recebe a mensagem. Para começar, é legal ver os estudos já realizados sobre esse item. A empresa de performance e marketing digital Kiss Metrics criou um infográfico com os dados dos melhores horários para o envio de e-mails e uma de suas principais conclusões foi que, como as pessoas já tem o hábito de olhar e-mails pela manhã, os horários entre as 6h e as 10h seria o mais recomendável para o envio das campanhas. Além disso, o período da tarde, entre as 15h e as 17h, também aparece como um bom horário de envio. No infográfico eles também mostram que o melhor horário para enviar e-mails B2B (de empresa para empresa) é a partir das 18h, ou seja, no final do expediente, enquanto as campanhas B2C (empresa para consumidor final) poderiam explorar melhor o horário noturno, a partir das 21h.

A verdade é que essas são ideias muito gerais. As taxas de abertura são dependentes da indústria e de outros detalhes específicos de cada público-alvo. A melhor forma de descobrir quais horários funcionam melhor para o seu público é fazer testes, programando o envio para diferentes horários e mensurando esses resultados.

Não compre leads

Empresas que tentam comprar grandes quantidades de leads para impulsionar seus programas de marketing vão se deparar com taxas de abertura muito baixas. Você precisa de endereços de e-mail que levam a pessoas que estão realmente interessadas no seu negócio, escolheram receber suas mensagens e tem algum motivo para ouví-lo, do contrário o e-mail marketing não vai ser muito eficaz para a sua marca. Oferecer um conteúdo rico através de uma landing page, um brinde ou fazer algum concurso em troca de endereços de e-mail são formas muito melhores de crescer sua lista de maneira rápida e organica.

Invista em responsividade

Você pode ter certeza: boa parte dos seus emails serão abertos em uma tela de aparelho móvel. De acordo com alguns levantamentos, cerca de 74% dos proprietários de smartphones usam seus telefones para verificar e-mails. Essa taxa pode mudar bastante dependendo do seu público, mas uma coisa é certa: ela não será desprezível. Se os seus e-mails não são amigáveis às telas menores, as chances de conversão são mais baixas.

Além do layout responsivo, o assunto é outro detalhe que você não pode deixar de levar em consideração para otimizar a taxa de abertura de seus e-mails em dispositivos móveis. Se a pessoa que recebe seu email utiliza o smartphone na posição vertical, você possui de 3 a 5 palavras para despertar seu interesse, nada além disso.

A ferramenta de email marketing da KingHost oferece dados detalhados sobre os email enviados. Assim, você pode estudar e otimizar horário de abertura dos seus e-mails. Além disso, você conta com monitoramento por geolocalização, segmentação do público, mapa de cliques para saber quais os links mais clicados e liberdade para gerar o seu HTML de modo responsivo. Clique e conheça!

 

Leonéia Evangelista

Leonéia Evangelista

é bacharel em Comunicação Digital pela Unisinos e mestre em Bibliotecas Digitais pelo programa Digital Library Learning (Erasmus Mundus). Trabalha com web há mais de 8 anos e atualmente cursa MBA em Marketing Estratégico.
Leonéia Evangelista

Comentários

comentário(s)