Flywheel Marketing: Conduzindo sua Reputação


Sei que todos abordam a estratégia de Flywheel Marketing como um esforço mecânico que sempre envolve grande energia para fazer a roda girar até ganhar força e, ai, se contarmos com a sorte, física e inércia, ela toma força e não para mais de girar. Resolvi abordar o conteúdo com um ponto de vista mais humano e corriqueiro.

Antes de começar: o que é Flywheel Marketing?

Flywheel é um termo do livro de Marketing “Good to Great”, do Jim Collins. De forma resumida o que ele fala é que, no início de um negócio, as coisas demoram um pouco para rodar, mas isso é absolutamente normal. Quando o negócio sai da inércia, ele passa a girar e se você souber como usar as ferramentas corretamente, esse giro tende a ser cada vez mais rápido e assertivo. Com o passar do tempo, cada vez será preciso menos esforço para fazer girar.

Flywheel Marketing = Reputação + Conhecimento

Acredito que todos, em algum momento da vida, no colegial, no primário, ou mesmo na graduação, teve AQUELE primeiro dia de aula. Aquele dia estranho em que você se cerca de pessoas que nunca viu antes na vida e nem ao menos sabe o que dizer. Bom, por que estou falando disso? Porque isso envolve dois pilares muito importantes desta estratégia: Reputação e Conhecimento.

Encarando a situação de maneira analítica, o que acontece neste “universo” em particular é que você não tem (ainda) reputação, já que todos ali estão em um primeiro contato, não sabem nada sobre o que você vivenciou ou tem para oferecer. Da mesma forma que você não possui conhecimento sobre os demais, sobre o que conversar, ou mesmo quais piadas sem graça – que sempre servem para quebrar o gelo – serão contadas.

Tratando esta situação de maneira análoga ao mercado, acontece o mesmo com a estratégia de comunicação de sua empresa na web. Ao chegar neste universo todo particular, sua marca precisa destas duas ferramentas, começando pelo conhecimento.

Saber portar-se diante das novas dinâmicas de comunicação é o maior desafio num mercado em constante evolução. Conhecer os canais e suas características, a forma como a informação é entregue para o consumidor/cliente/parceiro é de vital importância.

Neste momento precisamos pegar todas aquelas “coisas de internet” – como diria meu Pai – e estudar uma a uma, elencando suas singularidades principais e como adotá-las em nossa estratégia pelas mídias sociais, montando a brand persona da marca, ora por caminhos pagos, com Ads, ora pelo orgânicos (sem investimento).O segredo está em fazer a roda girar!


Diferencial: mensuração em real time

A parte mais bonita e apaixonante do universo digital é a capacidade de mensuração em real time, diferente das “mídias tradicionais”, em que são necessários dias, semanas, meses, para realizar uma simples pesquisa de efetividade.

No digital, com, praticamente, milésimos de segundo dá para obter o resultado da ação, e até mesmo (dentro do planejamento) solucionar falhas e aumentar a efetividade da campanha. Aqui, a metáfora da flywheel encaixa perfeitamente: com os dados podemos decidir entre colocar esta roda ladeira a baixo pra ter um efeito bola de neve, ou ladeira acima com aquele empurrãozinho da ajuda financeira.

Dentro de tudo isso, voltando ao contexto inicial, uma coisa que sempre funcionou bem foi muita observação, durante toda a ação. Lembro do primeiro dia de aula na faculdade, quando fiz a minha maior amizade por conta de um tênis de skate e uma camiseta de rock!

Sendo assim, observe, estude, pesquise, reúna o máximo de informações sobre o mercado, busque sempre construir reputação em cima da verdade. Com certeza isso tornará mais simples colocar a Roda ladeira abaixo, e o sucesso ladeira acima!

Gostou do material? Deixe sua opinião nos comentários. Fique ligado para mais novidades em nosso Blog da KingHost.

Silencio Moraes

Silencio Moraes

Social Media em KingHost
Publicitário apaixonado por tecnologia e especialista em Marketing de Mídias Digitais pela PUC Minas.
Silencio Moraes

Comentários

comentário(s)