O que é CMS? Veja 4 exemplos desenvolvidos em PHP


Para entender o que é CMS, ou Content Management System, precisamos saber que eles são sistemas que ajudam a gerenciar conteúdo, seja esse conteúdo um blog, um site empresarial, um fórum ou uma loja online.

O uso destes sistemas facilita a construção de um site, por exemplo, por uma pessoa que tem pouco conhecimento em programação. Isso porque a estrutura já vem praticamente pronta, precisando apenas inserir o conteúdo e personalizar com plugins e/ou temas.

Para saber um pouco mais e ir além do conceito de o que é CMS, vamos entender também como ele funciona e ver uma lista de quatro exemplos gratuitos feitos em linguagem PHP, assim como exemplos de sites que utilizam essas plataformas.

Bora adquirir mais conhecimento?

1. WordPress

Como não falar no CMS mais usado no Brasil e no mundo?

Atualmente estima-se que 30% da internet é desenvolvida com WordPress então certamente você já acessou vários, inclusive está em um WordPress neste momento. Com ele você poderá desde criar blogs simples, sites, portais corporativos ou até mesmo lojas virtuais com bastante facilidade. Além disso, a instalação pode ser feita em poucos minutos.

A comunidade do WordPress é gigante permitindo que os novos usuários resolvam dúvidas rapidamente, baixem plugins e templates de diversas fontes e nos mais variados estilos.

O WordPress surgiu em 2003 e desde então tem recebido atualizações frequentes garantindo assim a segurança e performance. Nós aqui da KingHost recomendamos que você use sempre a versão mais recente e se precisar de ajuda com essas atualizações, pensamos em uma solução que faz isso por você, o nosso Plano WordPress onde você só precisa se ocupar com a produção de conteúdo e nós fazemos as atualizações do CMS e dos plugins gratuitos.

2. Joomla

Talvez não tão famoso ou popular quanto o WordPress, ainda assim é um CMS a se considerar quando estamos escolhendo o sistema para nosso novo projeto afinal o Joomla está em mais de 3% dos sites do mundo.

Alguns sites famosos usam Joomla em sua base, como é o caso do site da Nintendo, na Suécia, e da gigante General Eletric, na Rússia. Se quiser ver outros exemplos de sites que usam Joomla pode acessar o Showcase deles.

O Joomla foi criado em 2005 e já passou por diversas mudanças. Hoje tem mais de 70 pacotes de tradução, criar sites multilíngues com o Joomla é um processo simples e direto.

Com uma arquitetura que preza pela otimização dos motores de busca, no Joomla, cada item do menu pode ter suas próprias configurações de meta descrição, palavras-chave e robots, permitindo que você personalize as configurações de SEO do seu conteúdo. Leia mais sobre SEO no post da Patrícia Souza, Analista de Performance, “O que é SEO: um Guia para Iniciantes“.

3. Drupal

Para quem já havia se perguntado o que é CMS e qual o mais antigo, vamos apresentar o Drupal! Criado em 2001 é o mais antigo da nossa lista de CMS’s e, possivelmente, o mais complexo também. O Drupal não é tão indicado para pequenos projetos ou para novos desenvolvedores.

O ideal para quem quer usar o Drupal Core (framework base do Drupal CMS) é contar com uma equipe mais experiente, pois pode assustar programadores novos. Alguns sites famosos como o da revista americana Popular Science e também backoffices de sites muito acessados como White House são feitos em Drupal.

Ele tem mais de 1000 módulos ativos e 600 temas que podem ser instalados em poucos minutos, tornando muito prática a troca destes temas e módulos.

Com o Drupal você pode administrar seu website escolhendo entre mais de 90 línguas disponíveis ou até mesmo mais de uma ao mesmo tempo.

4. Magento

O Magento é focado em um público específico, os e-commerces, e permite administrar lojas gigantes pois atende a todas as características de produtos. Vários módulos podem ser acoplados a este CMS para facilitar por exemplo a consulta de cep ou o cálculo de frete de acordo com peso e tamanho da encomenda.

No inicio pode parecer bem complexo pois algumas partes vão exigir contato com código, mas tudo isso fica simples pois a comunidade do Magento é muito grande então você encontra tutoriais para praticamente tudo.

Ele pode não ser indicado para pequenas lojas, já que exige bastante processamento e memória, além de ser um tanto complexo para deixar do jeito que você quer. Seria matar uma formiga com um tiro de canhão.

Você com certeza conhece sites que usam Magento, por exemplo, a Saraiva e a Coca-Cola. Uma curiosidade: o lançamento do Magento foi feito em 2008 e durante um tempo ele foi administrado pelo eBay.

E aí, pessoal, tá todo mundo sabendo o que é CMS e quais os principais gratuitos e desenvolvidos em PHP? Caso tenha ficado alguma dúvida ou sugestão, deixe um comentário abaixo.

Para mais novidades e informações sobre o PHP, fique ligado no LAB, o Blog da KingHost.

Até a próxima!

 

Eduardo Machado

Supervisor de Suporte Técnico em KingHost
Trabalha como supervisor de suporte técnico na KingHost. Dá treinamento aos novos colaboradores e nas horas livres programa sistemas em PHP.

Últimos posts por Eduardo Machado (exibir todos)

Comentários

comentário(s)